06 dezembro 2010

Dizer

                
                  Exercício Espiritual

É Preciso dizer Rosa em vez de dizer ideia
é preciso dizer azul em vez de dizer pantera
é preciso dizer febre em vez de dizer inocência
é preciso dizer o mundo em vez de dizer um homem

É preciso dizer candelabro em vez de dizer arcano
é preciso dizer Para Sempre em vez de dizer Agora
é preciso dizer O Dia em vez de dizer Um Ano
é preciso dizer Maria em vez de dizer aurora

Mário Césariny, in Manual de Prestidigitação, Assírio e Alvim, 1981.
Foto: C.

4 comentários:

Ana Paula Sena disse...

Poema predilecto de um poeta de predilecção, a par de uma magnífica foto de C. - capta um instante que nos devolve ao mundo em ternura infinita...

Lindo.

Keila Costa disse...

Tantas coisas precisamos dizer fazer, tão simples e imediatas...Belo!

Paulo disse...

Ana Paula, são instantes mágicos, como um poema :):)

Keila, tantas coisas, sim. Os poetas sabem.

TERESA SANTOS disse...

Aliás, há coisas que só os poetas sabem...