13 abril 2010

A vida pode ser bela


Uma casa simpática, uma ideia genial.
Como se pode viver a sorrir com um pouco de imaginação:

"Trata-se do Inntel Hotels Amsterdam-Zaandam, um hotel em forma de aglomerado de casas tradicionais que, segundo o jornal britânico The Guardian, tem 12 andares e 160 quartos.
Na última década, formas neo-tradicionais surgiram nas cidades holandesas, e este é mais um exemplo.

Van Winden, o arquitecto responsável pela obra que custou 15 milhões de euros, referiu ao diário britânico que não tinha qualquer intenção de chocar quando criou o hotel.
O responsável disse ainda que é um edifício sem rodeios e que está em sintonia com a região. Ainda que reconheça que uma construção desta dimensão não possa ser totalmente tradicional, esclarece que é uma obra racional e com um interior planeado.
As suites podem ser comparadas a verdadeiras casas.
Van Winden disse ainda que o melhor elogio que os amigos lhe fizeram foi dizerem-lhe «que os edifícios os fazem sorrir».

«Isso devia ser suficiente para qualquer arquitecto», acrescentou o autor.

SOL"

3 comentários:

César Ramos disse...

Ainda bem que nestes nossos dias, para além dos edifícios "inteligentes", alguém teve a preocupação de fazer um edifício «simpático»!
Fez-me lembrar a antiga disciplina de Desenho em que se faziam composições decorativas de repetição em superfície.
Isto era: repetia-se o motivo decorativo sucessivamente! Adorei o "prédio"! Adoraria ainda mais, poder ir até lá (...)vê-lo!
Abraços
César

Emanuel disse...

hotellindo.Queria ele para mim!

***SIGA E SEJA SEGUIDO***

Mar Arável disse...

Equilíbrio

na assimetria