16 junho 2009

Água


Águas de Portugal
Está em discussão o projecto de privatização das águas e do saneamento.
Nos municípios do distrito de Aveiro, por exemplo, até agora, só Ovar decidiu não aderir a este projecto.
Entretanto, os trabalhadores dos Serviços Municipalizados de Aveiro invadiram a Câmara Municipal, por recearem perder os direitos, sabendo, ou supondo que uma empresa privada poderá querer reduzir os custos com o pessoal.
A questão é esta: se o serviço funciona bem, se o investimento feito nos anos anteriores foi avultado e cobriu praticamente todo o território, porquê privatizar um sector vital, ainda por cima lucrativo?
Esta é a fúria neo-liberal em que se privatizam os lucros e nacionalizam os prejuízos.
Não sei se também querem fazer o mesmo ao sol e ao ar que respiramos.

1 comentário:

Chris disse...

A água poderá motivar grandes conflitos na humanidade num tempo que se aproxima. Em determinados paises a água é gratuita, pois é um bem essencial.
Tudo a correr bem e uma boa semana.
bjs
Chris