24 fevereiro 2009

Josefov

As comunidades judaicas de Praga foram confinadas a um gueto no século XII.
Em 1784 a descriminação foi reduzida por José II e, em 1850, o Bairro Judeu passou a chamar-se Josefov quando foi englobado formalmente na cidade.
Embora o antigo gueto tenha desaparecido quase por completo, permanece ali um espaço muito rico da cultura judaica, com várias sinagogas, em torno do Antigo Cemitério Judeu.
Este surpreendente espaço foi durante 300 anos (1478 - 1787) o único local de enterramento dos Judeus de Praga. Devido à sua pequena dimensão, pensa-se que as cerca de 12000 lápides correspondem a mais de 100.000 pessoas ali sepultadas.
Uma das sepulturas mais visitadas é a do Rabi Löw (1520- 1609). Segundo a tradição, este filósofo e académico terá sido o criador do Golem, um ser sagrado, associado à tradição mística do judaísmo, que defendia e protegia os judeus sempre que ameaçados.

1 comentário:

Arabica disse...

Caminhos de História...