08 outubro 2009

Nobel

A escritora alemã, de origem romena Herta Müller recebeu o prémio Nobel da Literatura 2009.

Herta Müller nasceu em 1953 e, segundo a Academia Sueca tem uma escrita onde se "retrata o universo dos desapossados".
Müller está publicada em Portugal com “O homem é um grande faisão sobre a terra”, editado pela Cotovia, e “A terra das ameixas verdes”, publicado pela Difel.
Nascida na Roménia, aldeia de Nitzkydorf, que hoje já se declarou em festa, estudou alemão e literatura romena na sua terra natal e trabalhou depois como tradutora numa fábrica de Timisoara, antes de ser demitida das suas funções em 1979 por se ter recusado a colaborar com a polícia política de Nicolae Ceaucescu.
Vive na Alemanha desde 1987.
Pessoalmente teria preferido Roth ou Auster, mas isso sou eu que não estou na Academia Sueca. Agora, há que ler e conhecer Herta Müller.


4 comentários:

Austeriana disse...

A escrita dela faz-me lembrar muito a da primeira mulher de Auster, Lydia Davis. A palavra que me ocorre é "seca", uma escrita seca, sem desperdício de palavras. Também preferia Auster... ou então Auster. :)

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

Fiquei feliz , Herta Muller é uma grande escritora , oriunda de uma minoria suábia na Rómenia , viveu e foi perseguida pela polícia de estado por se recusar a participar com o governo, o regime . Li »o homem é um grande faisão sobre a terra» , e »a terra das ameixas verdes »acabei de o reler este fim-de- semana .
È brutal o quotidiano de Edgar , Kurt , Georg e da narradora sem nome desde que são estudantes até ao primeiro emprego , a sua perda , e a saída da Roménia, onde dentro encontram a morte , ou fora , já na Alemanha . Mas , não todos . Nunca pensei que a suábia ganhasse o Prémio , que premonição a minha .
Contente , assim tenho a certeza que a lerei em português , e virá uma segunda vez a Portugal, pois já cá tinha estado .
abraço
______ JRMARTO

Anónimo disse...

Nunca um Nobel , me satisfez tanto !
Estou radiante !

_______ JRMARTO

Marta disse...

Estimado JMarto, depois de ler o seu comentário (e o da Austeriana) o meu almoço, daqui a pouco, será na Fnac! à procura de um livro. não conheço a escritora mas fiquei com imensa vontade de conhecer.

beijinhos