13 julho 2009

Câmara Lenta

Depois de matutar no fim de semana, respondo com muito gosto ao desafio feito aqui (5 situações + 1 bónus).

1. O compacto de 2 anos de vida, começando aí por Janeiro de 74 e terminando em Janeiro de 76.
Um tempo onde tudo pareceu possível, 2 anos que foram uma montanha russa de emoções, sonhos, desilusão, amargura e festa, muita festa. No final, ficou a memória.

2. O abraço forte do pai, no momento em que me tornei oficial do mesmo ofício. Foi como um fechar de ciclo, pela sua mão percorri todos os corredores da grande casa que é a vida e ele foi-me abrindo algmas portas para mostrar onde ficam as coisas.

3. O momento em que ela, ainda de fralda, se ergue do chão, segura com firmeza a borda da banheira, olha para mim que, de joelhos no chão, estendo os braços, e a sorrir dá os três primeiros passos até abraçar o meu pescoço.

4. A primeira aparição pública ("concerto") de um talentoso adolescente que sonhava ser profissional de guitarra clássica.

5. Um jantar de verão onde aprendi a importância da polpa dos dedos na descoberta do amor.

( 6. O último longo e terno abraço que me deu, pressentindo que não haveria outro. )

6 comentários:

clara disse...

Muito bonita, a tua escolha.Parabéns

Cadinho RoCo disse...

A vida na marca dos seus momentos.
Cadinho RoCo

Austeriana disse...

Belíssimo texto.

Paulo disse...

Clara, Austeriana, obrigado por partilharem.
Cadinho, seja bem vindo.

Marta disse...

Obrigada, Paulo, pela partilha. Muito.
íssimos momentos. comovente.
obrigada, outra vez.

Anónimo disse...

Momentos de uma ternura sem fim...
Marcas de vida que reflectem aquilo que somos, num bailado constante de emoções e encantos mil...
gostei muito
CM