13 maio 2009

Fibromialgia


-Está?
É do Instituto Português de Reumatologia?
(música)
_Sim, faz favor
-Bom dia, queria marcar uma consulta...
-Neste momento, não marcamos consultas, estamos muito congestionados.
Desligo.
-Está?
-É dos Hospitais da Universidade de Coimbra?
-Sim, faz favor.
-Desejava saber como marcar uma consulta de reumatologia...
-Desculpe, mas a lista de espera é de três anos.
-Está?
É da associação de apoio aos doentes de fibromialgia?
-O numero que marcou não está disponível
Vou à net.
Associações, conversa, jantares de apoio.
Médicos, não consta.
Apenas e insistente, um aviso:
É uma doença muito mal compreendida.
Prepare-se, vão dizer-lhe que são manias, que é a doença da moda.
Prepare-se!

4 comentários:

Paulo disse...

Um dos lemas da maioria dos estabelecimentos de saúde é "o doente no centro do sistema"...

Lídia Borges disse...

É mesmo assim!
Pobre de quem fica doente...

L.B.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Clarinha

Cuidado. Fibromialgia não é para brincadeiras. Dizem que é a doença da moda, o que me parece triste e acintoso. Não´há doenças mais da moda ou menos. A ser assim, a gripe A/mexicana/porcina será também? O Gucci, o Berlanga, 0 Balenciaga, a Chanel, o Dior, o Louis Vitton, o Lavin, o Yvrd Saint Laurent, a Stella Maccartney é que sabiam ou ainda sabem da poda. Que o mesmo é dizer, da moda.

Bom, lanço-te um convite com inúmeras consequências: vai ao meu covil, e, se gostars, inscreve-te como minha (per)seguidora e deixa cumentários (com o...) e convida oa teus apaniguados a fazer o mesmo, sil us plu (sff em puríssimo català) Kittos que é Danke schön en finlandês

Qjs = queijinhos = beijinhos

clara disse...

Muito obrigada, mas a cena não se passou comigo, felizmente.
Foi-me contado por uma pessoa amiga.